Detalhe Livro
Disponível

As Mentiras que nos Contaram Sobre Deus

William P. Young

Descrição

William P. Young já vendeu 4,5 milhões de livros no Brasil Depois do sucesso de A cabana, A travessia e Eva , que já venderam mais de 22 milhões de exemplares, William P. Young apresenta um livro que nos estimula a repensar algumas das suposições da fé cristã que raramente questionamos. Seguindo a mesma visão revolucionária de Deus e da Criação que emocionou leitores do mundo inteiro, desta vez Young esclarece as lições mais profundas de suas narrativas ficcionais. Pontuado por histórias da vida do autor e escrito numa linguagem simples, direta e cativante, o livro nos faz refletir sobre as crenças equivocadas que atrapalham nosso relacionamento com Deus, nos afastando da mensagem de amor difundida nos evangelhos. Colocando a figura de Jesus e seus ensinamentos em primeiro plano, o autor discute questões essenciais para a compreensão da mensagem de fé e libertação dos evangelhos: Afinal, o inferno existe? Os pecados são capazes de nos afastar de Deus? Será que devemos nos comportar de determinada maneira para sermos dignos do amor de Deus? Mais do que certezas, este livro apresenta perguntas e constrói um diálogo ao mesmo tempo instigante e reconfortante. Mesmo que discordemos de algumas conclusões, o importante é estarmos abertos para o relacionamento único que cada um de nós nutre com Deus.

Condição Novo
ISBN 9788543104911
Sextante
 
 

 
 
2000 caracteres restantes

Este foi o terceiro livro que li de Willian P. Young. De todos, foi o melhor. Já faz tempo que algo, dentro de mim, diz que tem alguma coisa errada com os ensinamentos que pregam nas igrejas, sobretudo após me tornar pai e entender plenamente esta passagem bíblica: "Se vós, pois, que sois maus, sabeis dar boas coisas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai celeste dará boas coisas aos que lhe pedirem." Mateus 7:11Não fazia mais sentido acreditar num Deus carrasco, que só ama em reciprocidade a obediência dos seus filhos. Não existe nada que a minha filha possa fazer para que eu a ame mais ou a ame menos. Eu simplesmento a amo. Sou melhor que Deus? Impossível! O autor contesta veementemente 28 mentiras, todas com respaldo bíblico e farta referência bibliográfica, além da sua experiência pessoal com Deus. É uma leitura indispensável àqueles, que, como eu, acreditava que depois de perenegrinar por caminhos tortuosos da vida, o pai só me receberia como jornaleiro, quando estava disposto a me receber de braços abertos como filho, preparar uma grande festa, matar o bezerro cevado e contar a todos que eu estava morto e revivi. Estava perdido e fui achado.

Ismael P. Santos | 21 07 2018 12:38
 

William P. Young já vendeu 4,5 milhões de livros no Brasil Depois do sucesso de A cabana, A travessia e Eva , que já venderam mais de 22 milhões de exemplares, William P. Young apresenta um livro que nos estimula a repensar algumas das suposições da fé cristã que raramente questionamos. Seguindo a mesma visão revolucionária de Deus e da Criação que emocionou leitores do mundo inteiro, desta vez Young esclarece as lições mais profundas de suas narrativas ficcionais. Pontuado por histórias da vida do autor e escrito numa linguagem simples, direta e cativante, o livro nos faz refletir sobre as crenças equivocadas que atrapalham nosso relacionamento com Deus, nos afastando da mensagem de amor difundida nos evangelhos. Colocando a figura de Jesus e seus ensinamentos em primeiro plano, o autor discute questões essenciais para a compreensão da mensagem de fé e libertação dos evangelhos: Afinal, o inferno existe? Os pecados são capazes de nos afastar de Deus? Será que devemos nos comportar de determinada maneira para sermos dignos do amor de Deus? Mais do que certezas, este livro apresenta perguntas e constrói um diálogo ao mesmo tempo instigante e reconfortante. Mesmo que discordemos de algumas conclusões, o importante é estarmos abertos para o relacionamento único que cada um de nós nutre com Deus.

05/09/2017